sexta-feira, 12 de outubro de 2012

==> *** Município do Lobito ***


O Lobito é, muito provavelmente, um dos municípios mais aprazíveis de toda a Angola, com uma vasta polivalência em turismo e desportos marítimos recreativos. Não obstante, convém não esquecer a sua vertente comercial, a que o seu concorrido Porto de águas profundas e a sua linha férrea de mercadorias de longo curso não são alheias.

Por todos estes motivos o Lobito é, manifestamente, considerado a ‘sala de visitas de Angola’.

Quem não se lembra do ‘Hotel Terminus’ e das magníficas praias da Restinga? Aqui fica a doce saudade...

(Por favor, clicar na imagem para aumentar)


Vista área da paradisíaca zona da Restinga no Município do Lobito



 

Edifício imponente da Administração Municipal do Lobito herdado da era colonial
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


 
 
Árvore frondosa de ramagem romanticamente entrelaçada



 
 
 
Jardim posterior da Administração Municipal do Lobito






 
 
 
 
 
Ao fundo, a entrada principal do Hotel Terminus no Lobito

................. ................... ................... .................. ................... ......................... ....................... ........................... ........................... ............................. ........................... ................. ................................... ................... ........................ ............................ ............................. ................................. .......................... ...... ........ Bela entrada entre coqueiros do restaurante Flamingo do Hotel Terminus
 
.............. ............... ........................ .................. ................... .................... .................. .................... ...................... .................. .................. .................... ....... A esplanada do Hotel Terminus virada para o mar era muito apreciada, principalmente ao entardecer, por nela se beberem umas deliciosas ‘Cucas’ fresquinhas contemplando o típico e belíssimo pôr-do-sol Africano
 
.................. .................. ................... ..................... .................... ................... ........................... .................. ............... .............. ........... .   .   ...................... .... ... que saudosas recordações daqueles fins de tarde tranquilos na companhia relaxante de um bom livro...
 
   
  



Edifício sede dos Correios do Lobito
 
 
 










O famoso Casino Tamariz







 

 
 
 

O Clube Desportivo da Ferrovia no Lobito faz as delícias dos Lobitangas, com as suas piscinas e barcos de recreio
 

 

 
 
Edifício sede do Porto Comercial do Lobito com enfeites de Natal
 
 

Resquícios ferrugentos das locomotivas a carvão do tempo colonial usadas na recolha da cana-de-açúcar das diversas safras existentes ao longo dos férteis campos da Catumbela
 
 
 
 

Imagem marcante da dimensão da actividade agrícola de outros tempos...
 
......... ................ ............. .................. ...................... ................ ...................... ............. ..           ............... ............... ... . Antiga fábrica açucareira hoje totalmente degradada e votada ao abandono 
 
........ ........... ............ ................. ............ ............ ............... ........................ ................. .................. ............ Encontra-se em reabilitação a linha ferroviária do comboio de passageiros e mercadorias do Lobito em parceria com empresas Chinesas. O objectivo último desta linha é efectuar a ligação entre a parte Oeste e Este de toda a Angola, tal como outrora aconteceu, constituindo um pólo dinamizador do comércio em toda a África Austral
  




Uma das igrejas do Lobito e costa da Restinga






 ......... .............. .............. ............. ........... ............... ................. ............... .................. ............. ............. ................ .................... ................ .............. ................. ................ . . , ........ ... .. .. .............. .... ........ .... ...... ...... .................. .......... Avenida marginal principal de ligação entre o Lobito e a Restinga


 
  a   a    a       a      a      a    a       a      a       a     a    a    a     a   a a  a a             a         a          a    a     a       a      a  a        a              a            a    a           a,..   ... .. ..  .. ......... ......... ....... aa. .............. .................... ................. .......... .  ‘Close-up’ da Igreja na marginal da Restinga





Aprazível casa da era colonial na Restinga
Vista lateral da casa da era colonial na Restinga
 
 
 
 

Majestosa moradia em estilo colonial na Restinga
 
........... ........ .......... ........... ..................... .................. ................. ........... .............................  aaaaaaaaaaaaaaa a Pormenor da fachada de uma das moradias da língua da Restinga. Note-se a decoração dos pátios em forma de diversos corações
 
 
 
 
 


Jardim prazenteiro na Restinga


 






As flores de cera são muito famosas graças à sua beleza






Estátua marcante no jardim
 
 
 
 
Jardim na zona da Restinga e margem oposta


  

 
Perspectiva da praia da Restinga
  
 
 
 
 
Barco transformado em bar numa das rotundas da Restinga
 
 
 
 
 
Exuberante jardim na área da Restinga
 
aaaaa aaaa             a         a               a        a              a              a                 a            a          a        a                a                   aa               aa          aaaa a  a   a   a a  a Sumptuosa moradia da era colonial na Restinga
  
 Vista aérea da ponta da Restinga
  
 
 
 
 
Moradia de construção mais recente na Restinga
 
...      .             .             .            .            .        .    .  .  .    ... ..... ..... ..... ...... ..... ..... ....... ..... ....... ...... ..... ....... ............ ............. ............. .......... .......... .......... .. . . . . . Instalações da Universidade Católica no Lobito
  




‘Bangaló’ relaxante junto às doces areias da praia
 
Quem não se lembra dos relaxantes guarda-sóis de colmo
deitados nas areias cálidas da Restinga?...
   
 
 
 
 
Praia de águas tépidas na Restinga e suas arrebatadoras palmeiras
 
Bela ‘sereia’ banhando-se no leito do rio Catumbela
  
 
 
 
 
Jardim da praça do mercado do Lobito








 
 
 
 
 
 
Os flamingos são um dos ícones da Cidade do Lobito. Aqui podem observar-se a alimentar-se nas salinas 
 




Zona alta (parte Norte) do Lobito e navio fundeado no porto do Lobito











A outra margem da Restinga








............. ............. .............. ............... .......... ..... ................ ..................... ................ ............... .................. .................................... .............. ...... .......... ............................. ........... . ........... ... ........ Porto de águas profundas do Lobito na sua azáfama diária
 
......... ................. ....................... .............. ..................... ................... ................. ................. ..................................... . . . O inexorável trânsito de contentores no Porto do Lobito
  
 

 
 
Mui sui generis árvore de Natal (em pleno Verão) com a indicação dos diversos destinos
  
 
 
Rotunda na estrada para o Lobito em homenagem aos trabalhadores das roças
  
 
 
 
 
Uma das emblemáticas rotundas do Lobito com escultura contemporânea
 
 
 
Estrada de ligação entre o Lobito e Benguela ao entardecer
 

Sem comentários:

Enviar um comentário